12 de maio de 2007

Dúvida


Amor não sei da tua alma...
Que tenho nos olhos,de mim...
No papel presenteio teu sorriso
No Universo grito o teu nome...
E esta dúvida prevalece...
porque me anseio
na tormenta que sinto
de todos os dias...
viver assim tão longe de ti.

1 comentário:

Final_Blow disse...

Olá, Maria tenho-te com muito carinho no coração.
Desculpe-me, por minha ausência.

Não há a quem perdoar, só a mim, mas ainda não posso...
Tendo o porvir a angustiar-me...

Deixo-te um cálido abraço num suspiro eterno...