18 de novembro de 2008

Rosa negra


Como senti… como sinto
Esta loucura em que me perdi
Bato as asas e sou ardil
Metáfora constante no palpitar do jardim
Que morre… que vibra de vida.
Sou rosa negra em beleza perfeita
De mais uma voraz mensagem
Silenciosa e cristalina.
E sou… e fui natureza ardente
fria na representação
Com que cubro esta angústia
A tapar o riso que se despe
na minha boca inocente.
E que mais posso dizer?
Se no sal da minha pele
Impera o teu odor, silêncio
que canta o vazio, edificado
por mais uma fantasia
de beijos mordidos de ausência .
Assim neste recolher
me sinto uma rosa negra
diferente de outra qualquer.

11 comentários:

Ana Rita disse...

"Agora sinto que o meu relógio se atrasou,
sem que eu tivesse dado por isso.
As horas enganam-me,
os minutos fazem troça de mim.
Tento acertar os ponteiros,
mas não consigo, é inútil.
Já não consigo adivinhar a vida que me sobra.
Agora persigo o tempo, mas o relógio despista-me."

Beijos :)

R.Vinicius disse...

A senhorita seria uma rosa, mas não perfumada em tristeza, não negra, ao menos não deveria ser assim. Mas uma rosa perfumada em sua beleza e talento.

Abraço,

R.Vinicius

MADRUGADA... disse...

Aqui repousei os meus olhos neste belo poema.

Gostei.

Beijo.

O Profeta disse...

Um texto arrebatador...uma singela rosa negra...


Doce beijo

O Profeta disse...

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Boa semana


Mágico beijo

Lyra disse...

Que saudades!!!

Gosto muito de te ler!

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra

O Profeta disse...

Este Mar que beija a Ilha
Traz de longe sonhos perdidos
Adormece na areia e deixa
Na espuma mil e um segredos

Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
São corpo nu que vagueia pela saudade
Brotam e correm para o Mar
Enfrentam a dor a tempestade



Bom domingo



Doce beijo

O Profeta disse...

Sabia apenas que era um pequenino naquela longa noite
No celeste um luminoso sorriso me chamava
Lançou-me aos olhos raios de deslumbrante luz
Era a minha prenda, uma brilhante…Estrela Alva…

Um Mágico Natal para ti querida amiga que ao longo deste ano me visitaste. Que a Estrela Alva te ilumine neste Natal.



Mágico beijo

Lyra disse...

Venho desejar um Feliz Natal, cheiínho de prendinhas e um Excelente 2009, replecto de carinho, boa disposição e sucesso!

Beijinhos de Boas Festas

Lyra

;O))))))

Ana Rita disse...

"Que nada te delongue,
Nem mesmo a escrita que teima em desvanecer
Na areia,
Porque ela desconhece a Morte,
Enquanto permanecer em ti."

Feliz Ano Novo* :D

O Profeta disse...

A humildade da água
Uma folha solta no vento
Cai sobre o mundo um manto de fino orvalho
Cada gota aprisiona um pensamento


Que o ano de 2009 seja a chegada aos teus mais
verdadeiros sonhos, que a tua alma encontre as mil cores
do feliz pensamento…


Que os nossos caminhos se juntem no espaço intermédio
entre a ternura e o tempo da viajem.



Mágico beijo